Concurso Queijos de Portugal 2018

terça, 13 novembro 2018 12:57 Escrito por 

Entrega dos prémios do 10.º ‘Concurso Queijos de Portugal’ da ANIL

A cerimónia de anúncio e entrega dos prémios do 10.º ‘Concurso Queijos de Portugal’ da ANIL, realizou-se no dia 29 de Outubro, no âmbito do evento ‘Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2018’ e como refere a respectiva Nota de Imprensa "Dos 208 queijos que estiveram a Concurso, 22 vão passar a envergar o selo ‘Prémio Melhor Queijo 2018 - Concurso Queijos de Portugal’ e 44 foram distinguidos com a ‘Menção Honrosa’. O número de produtos vencedores coincide com o das categorias, uma vez que a ANIL decidiu, este ano, incluir uma nova categoria: ‘Novos Sabores Frescos’. 

A lista completa dos premiados está disponível no site da instituição.

A aposta na promoção do desenvolvimento da indústria de lacticínios, com vista a melhorar o posicionamento dos queijos portugueses no mercado e, ao mesmo tempo, o reforço do reconhecimento, assim como o conhecimento, em relação a este produto específico junto do consumidor, continuam a ser os objectivos defendidos pela ANIL ao longos destes dez anos de ‘Concurso de Queijos de Portugal’.

O número de provadores deste ano foi de 21 elementos, envolvendo uma avaliação objectiva e técnica feita às 208 referências de queijo de produção 100% portuguesa.. Na sua composição contou com representantes do sector queijeiro, dos organismos de controlo e certificação, de instituições de ensino, da restauração e da gastronomia, da distribuição e dos meios de comunicação social.

Lista de Jurados do Concurso Queijos de Portugal 2018
Alda Gonçalves (Apolónia), Ana Madeira (Alifarma), Carla Barbosa (IPVC), Cátia Pereira (MC Continente), Cláudia Henriques (Codimaco), Cristina Pinheiro (U.Évora),  Filipa Teixeira (Revista Sábado), João Cotta (ALS/Controlvet), Jorge Viegas (ESAC), José Estevam Matos (U.Açores), José Manuel Esteves de Aguiar (ACCE), Juliana Ferreira (Jerónimo Martins), Lúcia Medeiros (ALIP), Luís Neto Viveiros (IAMA), Manuel Antunes (AGRICERT), Maria João Oliveira (DosQueijos), Nuno Bartolomeu (ESAB), Pedro Louro (INIAV), Rita Inácio (ANCOSE), Rosa Rodrigues (DGAV) e Susana Teixeira (UCP-ESB).

Queijaria Guilherme e Queijos Santiago [que detém a marca Saloio] são as grandes vencedores do ‘Concurso Queijos de Portugal 2018’, ao arrecadarem, cada uma, dois ‘Prémio Melhor Queijo 2018’. A Queijaria Guilherme ganhou, para além do melhor ‘Queijo Fresco Atabafado’ e do melhor queijo de ‘Ovelha Cura Prolongada’, uma dupla ‘Menção Honrosa’ na categoria ’Requeijão Ovelha’. A Queijo Saloio venceu este ano – repetindo o louvor dos dois últimos anos, 2016 e 2017 – nas categorias de ‘Mistura Cura Normal’ (Três Igrejas Tradicional Saloio) e ‘Mistura Cura Prolongada’ (Três Igrejas Cura Prolongada Saloio), para além das duas ‘Menções Honrosas’ nas categorias de ‘Requeijão Cabra’ (Requeijão de Cabra Saloio) e ‘Vaca Cura Normal’ (Alvão Tradicional Saloio). [A própria Queijos Santiago venceu ainda

Por sua vez, a Tété II - Produtos Lácteos recebeu o ‘Prémio Melhor Queijo 2018’ na categoria ‘Requeijão Vaca’, assim com quatro ‘Menções Honrosas’ em ‘Queijo Fresco Ovelha’, ‘Queijo Fresco Cabra’, ‘Requeijão Cabra’ e ‘Requeijão Mistura’. A Insulac - Produtos Lácteos Açoreanos também se encontra na mesma posição, já que conquistou o selo de vencedor para o Valformoso Ervas e Alho, na categoria ‘Para Barrar’, na qual recebeu uma das três Menções Honrosas, com ‘Valformoso’, sendo as restantes repartidas pelas categorias ‘Flamengo’ (Navegador) e ‘Vaca Cura Normal’ (Valformoso Natural).

[Nota para referir que Queijaria Guilherme, Queijos Santiago, Teté II e Insulac são, todos, parceiros DosQueijos... tal como a Lacticínios MAF, a Unileite e a Queijaria Sapata, que venceram outras categorias e várias outras empresas que obtiveram diversas menções honrosas].

De acordo com a análise feita ao longo desta primeira década, é de salientar o evidente crescimento exponencial. Dos 57 queijos de 27 empresas inscritos em cinco categorias, em 2009, o número aumentou para 208 queijos de 57 empresas divididos por 22 categorias, em 2018. É de acrescentar o registo da nova categoria de ‘Novos Sabores Frescos’.

É, portanto, notório o interesse, por parte dos fabricantes de queijos nacionais, em mostrar a crescente melhoria da qualidade deste produto feito a partir de leite português.

Por outro lado, a aposta na promoção do desenvolvimento da indústria de lacticínios, com vista a melhorar o posicionamento dos queijos portugueses no mercado e, ao mesmo tempo, o reforço do reconhecimento, assim como o conhecimento, em relação a este produto específico junto do consumidor –objectivos defendidos pela ANIL ao longos destes dez anos de ‘Concurso de Queijos de Portugal’ – tem vindo a dar frutos".

PREMIADOS DO ‘CONCURSO QUEIJOS DE PORTUGAL 2018’

  • Queijo Fresco Vaca: Lactifeira (Lactifeita Unipessoal)
  • Queijo Fresco Ovelha: Víctor Fernandes (Víctor Fernandes - Queijaria Artesanal)
  • Queijo Fresco Cabra: Moser (Tózé dos Queijos)
  • Queijo Fresco Mistura: Queijaria Licínio (Queijaria da Licínia)
  • Queijo Fresco Atabafado: Guilherme (Queijaria Guilherme)
  • Requeijão Vaca: Tété (Tété II - Produtos Lácteos)
  • Requeijão Ovelha: Queijaria Sapata (Sapta e Filha)
  • Requeijão Cabra: Queijo Bilores (Bilores - Queijo Artesanal)
  • Requeijão Mistura: Prado da Sicó (Queijaria Prado da Sicó)
  • Flamengo: Trevo (Lacticínios Halos)
  • Vaca Cura Normal: Molhafre (Pronicol - Produtos Lácteos)
  • Vaca Cura Prolongada: A Queijaria Apimentada (Lacticínios MAF)
  • Ilha: São Miguel, 9 Meses (Unileite - União Cooperativas Agrícolas de Lacticínios da Ilha de São Miguel)
  • Ovelha Cura Normal: Flor da Beira Amanteigado Selecção (Queijaria Flor da Beira)
  • Ovelha Cura Prolongada: Guilherme (Queijaria Guilherme)
  • Cabra Cura Normal: Quinta dos Moinhos Novos (Lactimercados)
  • Cabra Cura Prolongada: Cancela Aberta Santiago (Queijos Santiago)
  • Mistura Cura Normal: Três Igrejas Tradicional Saloio (Queijo Saloio)
  • Mistura Cura Prolongada: Três Igrejas Cura Prolongada Saloio (Queijo Saloio)
  • Para Barrar: Valformoso Ervas e Alho (Insulac - Produtos Lácteos Açoreanos)
  • Novos Sabores Frescos: Herdade da Maia Requeijão de Ovelha com Doce de Abóbora (Sociedade Industrial Herdade da Maia)
  • Novos Sabores: Nova Açores - Queijo Prato Alho e Salsa (Unileite - União Cooperativas Agrícolas de Lacticínios da Ilha de São Miguel)

E a terminar deixamos cópia dos trabalhos que a Revista Sábado e o Correio da Manhã publicaram sobre o concurso e que pode ler aqui.

    REVISTA SÁBADO

 SABORES À PROVA




Mais nesta categoria: « Notícias dos Queijos...
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies, que usamos apenas para fins estatísticos, de forma a podermos melhorar a sua utilização.